Número total de visualizações de página

sexta-feira, abril 04, 2008

"songwriter"


Depois do sucesso com o álbum de estreia, Rosie Thomas aposta forte num álbum emocionalmente tão delicodoce quanto taciturno. As questões pessoais sobre a fé, a solidão, a fracturação, a morte ou o amor elevam-se serenamente com uma voz a exibir carência e coragem. Misturando a folk com o blues, eis então Rosie Thomas a fazer-nos seguir em frente com as nossas vidas, as nossas questões, as nossas emoções. Tão etéreo e ambiental quanto folk, acústico e confessional, Rosie Thomas rodeia-se de silêncios, coros, teclas de órgão a perdurar infinitamente uma só nota e, claro, aquela voz macia, meiga e calorosa. É Rosie Thomas em pleno estado de graça. E nós, felizmente, estamos cá para ouvi-la com ”Only With Laughter Can You Win”. O confronto consigo mesmo, com a vida, a fé, o amor, a desilusão... “Only With Laughter Can You Win” chega a ser quase um álbum terapia, um álbum-prazer, um álbum tão doce e angelical quanto verdadeiramente dilacerante. A quem semeia ou cultiva qualquer tipo de fé não será difícil apaixonar-se por ele. Aos mais cépticos no homem, num qualquer Deus, no futuro ou até nos sentimentos humanos, a esses impossivelmente estará aberta a voz de Rosie Thomas... e daí, quem sabe?

Sem comentários: