Número total de visualizações de página

sábado, outubro 10, 2009

exposição (a) ria para sempre_fotografia de Joquim Primo até 13nov

No percurso da vida, vamos sempre assimilando experiências fantásticas, ricas de ensinamentos, como um sinal de correcção no nosso trajecto de vida, ou com um sentido edificante para a grandeza que idealizamos, contributos largos para ajudarem a construir um edifício humano - que somos nós nas fraquezas e nas grandezas -, pintado de princípios que nos vão ajudando a colorir a vida, se para tanto formos capazes. A fotografia é um paradigma desta realidade... Nestas andanças que a vida nos coloca no caminho, se não formos demasiado obtusos, vamos encontrando imagens que se apresentam como "modelo" encontramos um conjunto de qualidades O nosso mundo não é só composto de coisas belas, como também contém em si capacidade de as revelar. Até uma pedra tosca contém em si beleza, basta ter “olho” para a poder captar, algo muito sui generis na fotografia. A este percurso de captação de conhecimentos colocado ao alcance das pessoas com sensibilidade - embora seja necessária uma absoluta predisposição intrínseca - é aquilo que podemos chamar de aprendizagem da cultura, no sentido mais próprio do termo.