Número total de visualizações de página

segunda-feira, agosto 29, 2011

Lançamento do Livro "Incursão ao Devaneio"


INCURSÃO AO DEVANEIO
de Denise Poémia

23 SETEMBRO_2011
»» 15h38m Pré Lançamento- Local a definir brevemente
»» 22h38m Lançamento - barParalelo38

Incursões são possíveis desde que hajam visões.
Quando há uma linha fronteiriça bastante ténue entre o normal e o patológico, as visões mais peculiares podem facilmente escorregar para o devaneio. Mas o que é afinal a Loucura? Sem medo e estereótipos, embrenhem-se nesta incursão.
Incursão esta que só se afigura possível através das potencialidades de uma poesia semântico-visual (expressão que encabeça o título principal desta obra). O que é afinal isto (ou o que pretende ser)?
Trata-se de uma poesia que pretende ofertar os pincéis e tintas para que cada um possa desenvolver a mais linda, surreal e idiossincrática tela.
Como? Com palavras! Pois que também é possível fazer quadros e telas com palavras; palavras magistralmente organizadas em frases, descortinando os mais inesperados recursos estilísticos! Afinal consegue-se chegar ao mesmo fim por diferentes meios!
Em suma, o que esta poesia almeja é congratular os interessados com uma bandeja de imagens vívidas, a surgirem em catadupa. E, de repente, temos um quadro  o nosso próprio quadro  a pairar sob nós.
Caros Leitores, agora que já conhecem (ou, pelo menos, antevêem) as potencialidades semântico-visuais que subjazem aos poemas que crio e que jorram, recorrentemente, da complexidade do meu pensar, convido-vos a embarcar nesta incursão aos meandros do devaneio. Por mim, ancorem onde quiserem, quando assim o entenderem.



Sem comentários: